Resgate histórico de casarões renova o centro do Rio

14-05-2012 17:23

Aimorés. Nos Planos, a restauração na íntegra de duas das nove casas e a reconstrução da décima, que ruiu em 2008.

 

Gestação. Fischer levou nove meses para retomar o imóvel em Ipanema, tombado em 2003.

 

Encontrar as várias cores de paredes e janelas e, lá no fundo, descobrir o tom original, fazer funcionar de novo um elevador esquecido há décadas e partir apenas de uma fachada parcialmente destruída para erguer um casarão de três andares são alguns prazeres dos arquitetos que fazem obras em imóveis tombados no Rio. O caminho até tudo ficar pronto, no entanto, é tortuoso. Requer pesquisa, aprendizado e paciência para enfrentar a burocracia do poder público.

 

Saiba mais pelo Site de Arqueologia Pública clicando aqui.

 
Voltar

Procurar no site

DOCUMENTO Patrimônio Cultural Antropologia Arqueologia© 2009 Todos os direitos reservados.